28-10-13

O Vale de Jaboque!

O tema da mensagem de hoje é título de uma música do Alvaro Tito que toca na programação da  webrádio. Por várias vezes eu queria escrever sobre essa história e agora esse momento chegou! 

Essa história está em Gênesis 32: 22 a 31 e ela mostra que Jacó foi persistente durante a luta, que durou a noite toda, para ser abençoado.  Acompanhe:

E levantou-se aquela mesma noite, e tomou as suas duas mulheres, e as suas duas servas, e os seus onze filhos, e passou o vau de Aboque. E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha.

Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu. E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele.

E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares. E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó.

Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali.

E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva. E saiu-lhe o sol, quando passou a Peniel; e manquejava da sua coxa.

Por isso os filhos de Israel não comem o nervo encolhido, que está sobre a juntura da coxa, até o dia de hoje; porquanto tocara a juntura da coxa de Jacó no nervo encolhido.

Não te deixarei ir se não me abençoares! Essa frase mostra como Jacó era persistente. E Deus nos encoraja a perseverar em todas as áreas de nossa vida, inclusive a espiritual.

Você sabe qual é a parte de sua vida espiritual que precisa de mais persistência?

É bom lembrar que o caráter se desenvolve à medida que nós lutamos em meio às condições difíceis.

Autor: Uma Mensagem de Vida

Deixe o seu comentário

*



Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>