06:10:14

É melhor conhecer a Deus do que as respostas!

“Por quê?” Essa é a palavra preferida e sempre proferida pelas crianças! Mas mesmo quando nos tornamos adultos, a curiosidade continua! As crianças se surpreendem com tudo em sua volta, já nós os adultos, com o sofrimento!

O nosso mundo parece ser regido por um sistema de “causa e efeito” e  em certos momentos, existem alguns efeitos para os quais não conseguimos encontrar causas claras e por outro lado, algumas causas que não levam a quaisquer efeitos esperados.

Aqui entra a pessoa que conheceu a Deus e não as respostas: Jó! Durante algum tempo em sua vida, a riqueza e a família proporcionaram uma vida feliz a Jó. Mas a perda e a dor que ele experimentou deixa-nos atônitos!

Para maioria de nós, que somos rápidos em indagar diversos “por quê?” em meio aos menores contratempos, a fé que Jó possuía parece inimaginável!! Mas mesmo com toda sua fé, Jó tinha algo a aprender e nós podemos aprender com ele.

Vivemos em uma época de coisas “instantâneas” e isso tem tirado a nossa grande habilidade de esperar! Até aprendemos sobre a paciência, mas em nossa pressa, não notamos a contradição. Desejamos a cura para todas as dores e a solução para todos os problemas!

Jó não esperava respostas rápidas para sua enorme dor física e emocional. Lendo a história de Jó, vamos perceber que não foi o sofrimento que o fez perder a paciência e sim o fato de não saber o motivo do sofrimento!

Assim que Jó manifestou a sua frustração, ele ouviu de seus amigos as respostas prontas. Eles imaginavam que a lei da causa e efeito era aplicada na vida de todas as pessoas!

A conceito que eles tinham da vida limitava-se a lei da causa e efeito. Ou seja, coisas boas acontecem às pessoas boas e coisas ruins, às pessoas más. Sendo assim, os “amigos” de Jó achavam que a obrigação deles era ajudá-lo a admitir o pecado, seja ele qual fosse, responsável pelo sofrimento.

Já o último amigo, Eliú, ofereceu outra explicação para o sofrimento de Jó, quando sugeriu que Deus poderia estar permitindo aquela situação para purificar a vida do amigo. Mas quando chegou a vez de Deus falar, Ele disse que “é melhor conhecer a Deus do que as respostas.” Na maioria das vezes sofremos as consequências de nossas decisões e atitudes equivocadas. Quando Jó arrepende-se e confessa os seus erros, vemos aí um exemplo a ser seguido.

Em alguns casos, o sofrimento nos molda para que possamos ajudar outras pessoas. Em outros, o sofrimento é um ataque de satanás a nossa vida. E há casos que desconhecemos o motivo para o nosso sofrimento.

Agora uma pergunta para refletirmos: Será que em momentos difíceis estamos dispostos a confiar em Deus, mesmo sem conhecer as respostas do nosso por quê?

Lembrem dos profetas que falaram em nome do Senhor e os tomem como exemplo de paciência nos momentos de sofrimento. E nós achamos que eles foram felizes por terem suportado o sofrimento com paciência. Vocês têm ouvido a respeito da paciência de Jó e sabem como no final Deus o abençoou. Porque o SENHOR é cheio de bondade e de misericórdia.” Tiago 5: 10 e 11

Autor: Uma Mensagem de Vida

2 comentários

  1. luiz gonzaga neto
    6 de outubro de 2014

    Deixe uma resposta

    Excelente, é uma grande verdade, pois somos para Deus espiritualmente crianças, em aprendizados.

    • Uma Mensagem de Vida
      7 de outubro de 2014

      Deixe uma resposta

      Luiz, louvamos a DEUS por sua vida e agradecemos a visita!
      Continue lendo as mensagens, ouvindo a rádio e não esqueça de curtir a nossa página!
      DEUS te abençoe!
      Um abraço,
      Uma Mensagem de Vida

Deixe o seu comentário

*



Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>